NOTÍCIAS


Uso de cheques no Brasil diminui drasticamente, registrando queda de 95% desde 1995

A Febraban informou que o número de cheques devolvidos por falta de fundos diminuiu de 15 milhões em 2022 para 13,6 milhões em 2023, uma redução de 9%. Desde 1997, quando os dados começaram a ser registrados, foram devolvidos 56,8 milhões de cheques sem fundo.

A Febraban atribui essa diminuição ao avanço dos meios de pagamento digitais, como internet e mobile banking, e à criação do Pix em 2020. A pandemia também incentivou o uso desses canais digitais, com quase 8 em cada 10 transações realizadas através deles.

Além disso, a preferência dos brasileiros pelo Pix vem se consolidando como o principal meio de pagamento no país.

Em relação aos pagamentos, apesar da redução no volume de transações, o valor médio dos cheques aumentou de R$ 3.257,88 em 2022 para R$ 3.617,60 em 2023, o que pode ser explicado pela preferência dos brasileiros por realizar transações de maior valor com cheques.




23/01/2024 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
COMANDO DA MANHÃ