NOTÍCIAS


Unidades estaduais de Educação começam a receber segurança de policiais da reserva

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), atendendo a determinação do governador do Estado, Jorginho Mello, iniciou nesta segunda-feira, 5, o Programa Escola Mais Segura, com o reforço de policiais da reserva remunerada fazendo a segurança nas escolas estaduais.

A integração destes policiais ao efetivo está sendo feito de forma gradativa de acordo com a finalização do seu processo de contratação e de treinamento. “Nosso objetivo é que todas as escolas sejam atendidas pelo Programa, com policiais da reserva”, afirmou o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa.

Depois de 60 dias da tragédia que vitimou quatro crianças em Blumenau, o Governo do Estado, através do Programa Escola Mais Segura, garante o policiamento nas escolas estaduais. Aquelas escolas que ainda não contam com o policial da reserva, previsto no Programa, contam com a ronda da Segurança Escolar diariamente. Os policiais empregados no programa, além do conhecimento adquirido ao longo de toda carreira policial militar, estão recebendo treinamento específico para atuação no ambiente escolar.

Conforme decreto do Governo do Estado, o Programa Escola Mais Segura já capacitou mais de 41 mil integrantes da educação e mais de 1500 policiais com o protocolo “Fugir, Esconder e Lutar”. Além disso, policiais militares da atividade administrativa estão também realizando as atividades operacionais, dando maior segurança aos alunos, pais, professores e profissionais da Educação.

O Programa Escola Segura tem a participação de todas as forças da Segurança (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Científica), além das secretarias da Segurança Pública e a Secretaria de Educação, que está tendo papel pedagógico importante.

O 2° Comando Regional de Polícia Militar (2° CRPM), informou que os policiais militares que farão parte do programa passaram por capacitação nesta segunda-feira, 5, em Lages.

Durante a capacitação, o coronel Newton Fernando Ayres dos Anjos, comandante do 2° CRPM, falou da importante missão que os novos policiais contratados realizarão diariamente na segurança das instituições escolares e destacou que o 2° CRPM por meio de seus três batalhões subordinados (3° BPM de Canoinhas, 6º BPM de Lages e 33º BPM de Curitibanos) atenderão a 32 municípios que abrangem desde a Serra Catarinense até o Planalto Norte.

Na instrução foram repassadas todas as informações necessárias ao serviço, bem como o protocolo fugir, esconder e lutar, após, os policiais militares iniciam, efetivamente, a segurança dentro das escolas, sempre com o objetivo maior de preservar a ordem e proteger a vida.

Fonte: PMSC




07/06/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
SABADAÇO