NOTÍCIAS


Quem é Neuza Back, árbitra brasileira que compôs 1º trio totalmente feminino na Copa

Uma catarinense nascida em Saudades, no Oeste do estado, entrou para a história do futebol ao compor o primeiro trio de arbitragem totalmente feminino em uma Copa do Mundo, em 2022 (relembre abaixo).

Em 2023, Neuza Back, de 38 anos, volta para a versão feminina da competição. Ela fará parte do quarteto brasileiro de árbitras escalado para apitar a partida entre Austrália e Irlanda, na primeira rodada da Copa do Mundo Feminina, na quinta-feira (20).

Além dela, o grupo também conta com Edina Alves, Leila Cruz (auxiliar) e Daiane Muniz (VAR). Todas são do quadro da FIFA.

Na Copa do Mundo, em 2022, Neuza estreou como auxiliar na partida decisiva do Grupo E entre Costa Rica e Alemanha no estádio Al Bayt, o mesmo da abertura do Mundial.

O trio foi composto ainda pela árbitra principal Stéphanie Frappart, da França, e a também auxiliar Karen Diaz Medina, do México.

Neuza é formada em educação física e em 2008 concluiu o curso de arbitragem. Começou nos gramados em jogos do Campeonato Catarinense e no ano seguinte já estava na Série A do Brasileirão masculino.

A influência para entrar na função veio do irmão, também árbitro, o catarinense André Back.

Em 2014, chegou ao quadro de árbitros assistentes da Fifa. Antes de chegar na Copa do Catar teve experiência em outras competições internacionais, como o Mundial de Clubes de 2020 e os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Também foi pioneira ao integrar a primeira equipe totalmente feminina a atuar no Mundial de Clubes da Fifa e na Libertadores.

No Brasileirão 2020 completou a marca de 100 jogos pela competição.

Neuza recebeu a notícia da Fifa de que integraria o corpo de árbitros da Copa do Catar.

Fonte: G1




20/07/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
A VOZ DO OUVINTE