NOTÍCIAS


Polícia Civil de Papanduva e de mafra esclarece abominável sequência de crimes ocorridos no município de Papanduva no último sábado

Aproximadamente a partir das 00h de 16/12/2023, três homens armados praticaram, em sequência, os sequestros qualificados de 4 pessoas, dois homens e duas mulheres, bem como a tentativa de homicídio de um quinto homem que conseguiu fugir. Todos foram torturados e uma das mulheres ainda foi estuprada. Um homem, que sofreu atos abomináveis de tortura, foi, ao final, morto e jogado num rio da região.

Os fatos teriam ocorrido em várias localidades de áreas rurais dos municípios de Papanduva e de Santa Terezinha. De acordo com o Delegado Cassiano Tiburski, que apura os fatos, os suspeitos planejaram e executaram toda a ação na noite de 15 para 16 de dezembro último, iniciando com o rapto das vítimas em suas próprias casas. Os autores começaram sequestrando um casal de 25 e 26 anos de idade em sua casa, na localidade de Rio do Engano, Papanduva/SC, a qual invadiram violentamente e subjugaram as vítimas, fato presenciado pelos genitores e por duas crianças que presenciaram toda a ação e os atos violentos de tortura.

Em seguida, o casal vítima foi constrangido a embarcar no carro dos criminosos e se dirigiu a casa de uma terceira vítima, um homem de 34 anos, residente na mesma localidade, o qual foi também sequestrado. Ato contínuo, foram à casa de outro casal de vítimas, sendo a mulher de 23 e o homem de 22 anos, com o mesmo intento. No local, situado na localidade de Capitão Furtado, Santa Terezinha/SC, o homem da casa conseguiu empreender fuga, mas sua esposa foi capturada pelos agressores. Após a sequência de arrebatamentos, o bando, dentro do carro que utilizavam, passou a praticar gravíssimos atos de tortura, causando intenso sofrimento físico e mental nas vítimas.

Além disso, uma das mulheres foi estuprada por um dos autores, sendo o tempo todo molestada dentro do veículo e em lugares em que o bando parou para também torturar os demais. O homem de 34 anos, o que sofreu os maiores e extremados atos de violência, que, diga-se de passagem, comparáveis com atos de organizações terroristas, acabou morto pelo bando. A vítima teria sido inclusive “empalada”, espancada e queimada com cigarros pelos criminosos. Provavelmente, já morta, foi colocada no compartimento de carga do veículo, quando o bando passou a procurar um local para ocultar o cadáver. A vítima acabou sendo jogada no Rio Hercílio na “Ponte Coberta”, localidade de Salto Iraputã, limites entre os municípios de Papanduva e Santa Terezinha.

As demais vítimas, após serem torturadas física e psicologicamente por ao menos 5 horas, foram libertadas próximo da a casa de uma delas. O corpo do homem de 34 anos foi localizado por pessoas que passavam pelo local, sendo acionado os órgãos policiais, inclusive a perícia e o IML que recolheu o corpo para necrópsia. Na madrugada e durante todo o dia dos fatos, foram realizadas várias buscas pelas Polícias Civil e Militar para localização dos suspeitos, mas, até o momento, não foram encontrados. Por fim, o Delegado Cassiano explica que as investigações prosseguem para a completa identificação dos suspeitos, coleta de provas e instrução dos autos judiciais para o completo esclarecimento dos fatos.

Fonte: Polícia Civil




18/12/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
FURDUNÇO