NOTÍCIAS


Pequenas e médias empresas já podem contratar energia no mercado livre

A partir deste ano, pequenas e médias empresas que utilizam energia em alta tensão podem migrar para o Mercado Livre de Energia.

Antes, essas empresas estavam sujeitas ao mercado regulado e só podiam comprar energia da distribuidora local. Agora, elas têm a liberdade de escolher o fornecedor, discutir o preço e a quantidade necessária, o período de recebimento e a forma de pagamento da energia.

Anteriormente, apenas consumidores com demanda mínima de 500 kilowatts podiam participar do mercado livre. Há cerca de 200 mil empresas conectadas em alta tensão, das quais 37 mil já migraram para o mercado livre. Outras 72 mil estão interessadas em migrar, sendo que 13 mil já denunciaram seus contratos na distribuidora e sinalizaram que irão migrar.

A venda de energia no mercado regulado expandiu a geração de energia no Brasil, mas era desvantajoso para os consumidores, pois os contratos eram de longo prazo e o preço da energia aumentava com o tempo.

Agora, as empresas poderão realizar contratos bilaterais com fornecedores e pagar duas faturas – uma para a distribuidora pelo transporte da energia e outra para o fornecedor de energia.




05/01/2024 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
CAFÉ COM NOTICIA