NOTÍCIAS


Palhoça confirma primeiro caso de chikungunya

Na quinta-feira (04), Palhoça confirmou o primeiro caso de chikungunya na cidade. O paciente, um homem de 24 anos, residente no bairro Aririú da Formiga e não apresenta histórico de comorbidades. A doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, também responsável pela transmissão da dengue.

A informação foi confirmada por Rosiney Horácio, Secretário de Saúde do município. “O caso já constava como suspeito e teve a sua confirmação nesta quinta-feira. O paciente segue monitorado e relata não ter saído do município nas últimas semanas”, ressaltou o secretário.

A Secretaria de Saúde está em alerta máximo para combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Segundo a pasta, as medidas de prevenção e controle da doença estão sendo desenvolvidas desde o ano passado com o objetivo de conter a disseminação do vírus.

Os principais sintomas da doença são: febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores musculares e nas articulações, entre outros. Caso apresente algum desses sinais, é importante procurar imediatamente uma unidade de saúde para diagnóstico e tratamento adequado.

“A população desempenha um importante papel nesse processo eliminando possíveis criadouros do mosquito em suas residências, como recipientes com água parada. É importante ressaltar que a dengue, zika e chikungunya podem levar a complicações graves, podendo ser fatais. E vale lembrar que ações simples de prevenção podem ser extremamente eficazes no enfrentamento da situação”.

Fonte: SCC10 / Por Rádio Super FM




05/01/2024 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
FURDUNÇO