NOTÍCIAS


Igreja é vítima de vandalismo e intolerância religiosa

Igreja é vítima de vandalismo e intolerância religiosa

Nesta segunda-feira, 10 de outubro, a dois dias de celebrar a padroeira do Brasil Nossa Senhora Aparecida, um fato causou revolta, principalmente entre os católicos. A igreja matriz São Mateus, de São Mateus do Sul, foi vítima de um ato de vandalismo, intolerância religiosa e desrespeito. Várias imagens de santos foram quebradas de dentro de uma igreja.

Segundo informações de um dos padres da paróquia, o vandalismo aconteceu no horário do meio dia. “Acreditamos que isso aconteceu entre 11h45 e 12h30, e quem fez isto fechou a porta da igreja para ninguém ver, pois a igreja sempre fica aberta para as pessoas rezarem. Escutamos certo barulho e logo alguém correu nos informar do acontecido.

Foram quebradas 28 imagens no total, incluindo as imagens da sala dos santos, do batistério, a imagem do Sagrado Coração de Jesus e da Padroeira Nossa Senhora da Assunção. Graças a Deus o Sacrário onde fica Jesus Eucarístico não foi violado e também não foram danificadas as imagens do Anjos. Estamos muito tristes mas já estamos tomando as devidas providências, analisando as imagens das câmeras”, comentou o padre Diego Ronaldo Nakalski.

O Bispo da Diocese de União da Vitória, Dom Walter Jorge fez um comunicado oficial por meio de nota pública pelo lamentável ocorrido. Em nota ele afirma que Apesar da profunda tristeza da comunidade cristã, a fé faz ver além e pede para não reagir com ódio pois o Pai ensinou, que o único caminho para vencer as forças diabólicas que nos incitam ao ódio é por meio de um amor que vai até às últimas consequências.

Nota de Repúdio

Por meio de nota, a Igreja Assembleia de Deus de São Mateus do Sul repudiou veemente o ato contra a Paróquia São Mateus, afirmando respeitar todos os tipos de crenças e fé existentes na sociedade.

Investigação

O 27º Batalhão da Polícia Militar afirmou que já surgiram alguns suspeitos, mas ainda nada comprovado. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão fazendo diligências para identificar o autor.

O delegado Sérgio Alves da 3º SDP de São Mateus do Sul, afirmou que apesar de haver câmeras de segurança na área externa, elas são de pouca qualidade, “Estamos analisando as imagens das câmeras do local, mas também buscando imagens do comércio próximo a Igreja. Estamos tentando identificar as pessoas que passaram próximas do local, até o momento não existe câmera que mostre a entrada e saída do local”, afirmou o delegado.

Fonte: Portal da Cidade União da Vitória

   




10/10/2022 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
ACORDA MENINO