NOTÍCIAS


Defesa Civil de Itajaí alerta para inundações nas áreas ribeirinhas neste domingo

O alerta leva em consideração o nível do Rio Itajaí-Açu e o nível do Itajaí-Mirim

A Defesa Civil de Itajaí alerta a população que mora nas áreas ribeirinhas da cidade para o risco de inundações graduais a partir das 16h deste domingo (08). O alerta leva em consideração o nível do Rio Itajaí-Açu, que atingiu o pico de 9,49 metros às 3h desta madrugada, e o nível do Itajaí-Mirim, que chegou a 6,76 metros em Brusque, por volta da 00h30. A previsão é que se tenha um cenário parecido com o que ocorreu em outubro de 2015, quando 59 ruas foram atingidas no município.

A população que mora nas áreas mais baixas dos seguintes bairros deve estar atenta: Salseiros, Murta, Cordeiros (parte baixa), Cidade Nova, Nova Brasília, Canhanduba, Dom Bosco, São Vicente, Bambuzal, Imaruí e Itaipava (áreas próximas às margens do rio Itajaí-mirim). Caso seja necessário, os moradores podem buscar um dos abrigos ativados na cidade para se manter em segurança.

Até este momento, três abrigos seguem ativados: Salão Paroquial da Igreja São Cristóvão (rua Odílio Garcia, nº 445, bairro Cordeiros), onde 68 pessoas estão abrigadas. A capacidade do local é para cerca de 200 pessoas. O Salão Paroquial da Igreja São Vicente de Paulo (rua Estefano José Vanolli, nº 1029, bairro São Vicente), que está com 10 pessoas abrigadas e tem capacidade para aproximadamente 200 pessoas. E o Centro Municipal de Educação Alternativa de Itajaí (CEMESPI) (rua José Pereira Liberato, nº 1398, bairro São João), um abrigo com acessibilidade para pessoas com deficiência. O local ainda não recebeu desabrigados.

Ao longo do dia, a Defesa Civil de Itajaí irá emitir novas avaliações e projeções de possíveis cenários, de acordo com o volume das chuvas registrados, níveis dos rios e níveis das marés. Previsão de mais chuva Após atingirem seu pico na madrugada, os rios em Blumenau (9,49m) e Brusque (6,76m) estão baixando na manhã deste domingo (08). Consequentemente, essas águas descem em direção a Itajaí. De acordo com a Defesa Civil de Itajaí, o pico de transbordamento no município é esperado para as 16h. A população já deve ficar em alerta, pois podem ocorrer variações.

Moradores de áreas ribeirinhas devem redobrar a atenção, especialmente quem foi atingido pelas cheias em outubro de 2015. Os níveis atingidos em Blumenau e Brusque nesta madrugada são semelhantes à ocorrência da época.

Neste momento, o rio Itajaí-Açu na estação da Murta está em alerta com 2,46 metros. Entrará em estado de emergência, ou seja, com risco de extravasar, quando atingir a marca de 3,3 metros. O rio Itajaí-Mirim retificado, na estação da Colônia Japonesa, também está em alerta com 2,36 metros. Entrará em emergência quando atingir 2,5 metros. Outro ponto em alerta é rio Itajaí-Mirim canal antigo (Itamirim) com 2,03 metros. Entrará em emergência quando atingir 2,25 metros.

A partir da tarde deste domingo (08), se mantém a previsão de chuvas volumosas, com acumulados que podem variar entre 70 e 100 milímetros no Litoral Norte e Vale do Itajaí, o que poderá agravar o cenário de inundação gradual a partir da madrugada de domingo para segunda-feira (09). Em Itajaí, a média do acumulado de chuva das últimas 24h ultrapassou os 50 milímetros.

O que fazer em caso de inundações: – Antes de tudo, salve e proteja sua vida, a de seus familiares, amigos e animais; – Avise imediatamente ao Corpo de Bombeiros ou Defesa Civil sobre áreas afetadas pela inundação; – Coloque documentos e objetos de valor em um saco plástico bem fechado e em local protegido; – Erga móveis, eletrodomésticos e outros pertences; – Mantenha sempre água potável, roupa e remédios, caso tenha que sair rápido da sua casa; – Desconecte os aparelhos elétricos; – Feche o registro de d’água e o de gás; – Mantenha lanternas e baterias por perto; – Feche bem as portas e janelas; – Não deixe crianças trancadas em casa sozinhas; – Evite transitar em locais inundados; – Convença as pessoas que moram em áreas de risco a saírem de casa durante as chuvas; – Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar, ou vá para o abrigo municipal; – Evite o contato com a água de inundações, pois ela pode transmitir doenças. Utilize botas, luvas ou sacos plásticos para se proteger.

Fonte SCC




08/10/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
COMANDO DA MANHÃ