NOTÍCIAS


Chuva diminui e trabalho intenso das equipes de assistência e reparos de danos é iniciado

A quinta-feira, 1º de dezembro, foi de trabalho intenso na reconstrução do que foi prejudicado pelas fortes chuvas que atingiram Santa Catarina. Na manhã desta quinta, o governador Carlos Moisés decretou situação de emergência no estado. O chefe do Executivo estadual lamentou as duas mortes registradas e reforçou que as equipes do governo seguem mobilizadas com a missão prioritária de proteger a vida e prestar toda a assistência humanitária à população.

“O momento é de atenção e união de todos. Todas as estruturas do Estado permanecem em campo. A prioridade absoluta é proteger e garantir assistência humanitária aos catarinenses. Muita atenção aos alertas e avisos da Defesa Civil e aos cuidados recomendados, em especial quanto a deslizamentos”, frisou Carlos Moisés.

Na tarde desta quinta, o secretário-chefe da Defesa Civil, David Busarello, sobrevoou algumas das áreas mais afetadas pelas chuvas no estado. Busarello acompanhou a situação nos municípios de Santo Amaro da Imperatriz, São João Batista, Tijucas e Benedito Novo.

Atualização

De acordo com o relatório informativo mais recente elaborado pelo Grupo de Ações Coordenadas da Defesa Civil (Grac-DCSC) divulgado às 18h30 desta quinta, 22 municípios já decretaram situação de emergência. Até o momento, Araquari, Joinville, São Bento do Sul, Luiz Alves, Corupá , Guaramirim, Rio dos Cedros, Campo Alegre, Santo Amaro da Imperatriz, Benedito Novo, Palhoça, Rancho Queimado, São José, Águas Mornas, Antônio Carlos, Armazém, São João Batista, Paulo Lopes, Florianópolis, Angelina, Biguaçu, Anitápolis emitiram os decretos. Os municípios de Timbó, Schroeder e Brusque estão providenciando documentos para os Decretos de Situação de Emergência.

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, já iniciou a entrega de itens de assistência humanitária nos municípios de São Bento do Sul, Joinville e Guaramirim.

Ainda de acordo com as informações da Defesa Civil, os municípios de São João Batista, e Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, estão totalmente isolados. O acesso só se dá por embarcações ou aeronaves. Na tarde desta quinta-feira, helicópteros particulares prestaram apoio às operações na região. Em Navegantes, equipes realizam buscas a um bombeiro que está desaparecido no Rio Itajaí-Açu.

Previsão do tempo

Conforme o meteorologista da Defesa Civil, Felipe Theodorovitz, mesmo com as chuvas diminuindo a partir desta quinta-feira, o período ainda é de alerta. Até o fim de semana a previsão é de pancadas de chuva, com chances de temporais isolados. “Como já temos bastante vulnerabilidade com relação às chuvas, com solos encharcados em muitas regiões, seguimos em alerta”.




02/12/2022 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
A VOZ DO OUVINTE