NOTÍCIAS


Avô que estuprou e passou sífilis para neta de 9 anos é condenado a 27 anos de prisão em SC

Um avô foi condenado por estuprar a neta de 9 anos e passar sífilis, uma infecção sexualmente transmissível (IST), para ela, informou o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). O criminoso recebeu pena de 27 anos, dois meses e 20 dias de prisão, em regime inicialmente fechado.

A sentença foi divulgada na quarta-feira (10). Não foi revelada a cidade onde houve o crime, para preservar a identidade da vítima, mas o município fica no Oeste de Santa Catarina.

Os abusos ocorreram entre outubro de 2021 e abril de 2022, segundo o MPSC. De acordo com o processo, o avô, por diversas vezes, aproveitou-se de momentos em que estava sozinho com a neta em casa para cometer os estupros.

Segundo o MPSC, o acusado sabia que tinha sífilis. Quando foi interrogado, durante a fase policial, ele disse que a doença estava controlada.

Ele ainda ameaçava a neta de morte caso ela gritasse durante os abusos ou tentasse contar para alguém, conforme o processo. Em uma ocasião, em que ele descobriu que a vítima havia relatado o crime para mãe, ele agrediu a criança com um tapa no rosto.

Para o MPSC, a declaração da vítima, junto com depoimentos das testemunhas e o resultado de exames não deixam dúvidas sobre os abusos cometidos pelo avô.

Fonte: G1




11/05/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
FURDUNÇO