NOTÍCIAS


17 trabalhadores são resgatados em situação análoga à escravidão em Santa Catarina

Uma operação realizada pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) resgatou 17 trabalhadores em condições análogas à escravidão em Ituporanga, Santa Catarina. Vindos do Paraná para a colheita de cebola, os trabalhadores estavam alojados de forma precária, sem carteira assinada, sem equipamentos de proteção e com acesso limitado a água de qualidade. Entre as vítimas, havia um idoso e um adolescente. Os alojamentos eram precários, um deles sendo um sótão improvisado e o outro uma pequena casa em situação deplorável. Os trabalhadores não tinham local adequado para refeições e eram obrigados a comer no chão ou nas sacas de cebola. Além disso, não receberam equipamentos de proteção individual e nenhum deles tinha a carteira de trabalho assinada. Após o resgate, os trabalhadores receberam as verbas salariais e rescisórias devidas, e o empregador assinou um Termo de Ajustamento de Conduta comprometendo-se a cumprir as regras trabalhistas e melhorar as condições de trabalho e alojamento. A operação foi realizada por uma equipe formada por auditores-fiscais do Trabalho, membros do Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal.

   




05/12/2023 – Super FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SUPERFM89.1

(47) 3653-1883

comercial@superfm89.com.br
Papanduva – SC

NO AR:
FURDUNÇO